Coronavirus 728x90

Instituto Federal em Primavera do Leste (MT) recebe nova destinação para fazer testes de covid-19

Por Redação em 07/04/2021 às 18:57:13

07/04/2021 - O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), campus de Primavera do Leste, recebeu mais 30 mil reais para compra de insumos necessários para realizar exames que detectem covid-19 na população da região.  Os valores são fruto de uma destinação da Justiça do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Essa é a segunda destinação feita à unidade. Este ano, a instituição já havia recebido 38 mil reais para compra de equipamentos e insumos para a realização de testes RT PCR, padrão ouro no diagnóstico da doença.

A destinação de valores foi autorizada pelo juiz da Vara do Trabalho de Primavera do Leste, Mauro Curvo. Ele explicou que os recursos do projeto anterior foram destinados para compra de materiais permanentes e consumíveis. Já este projeto atual visa adquirir um reagente sem o qual a realização do diagnóstico da covid-19 ficaria inviabilizada.

Essa segunda remessa de valores à unidade é parte de projeto de implantação de um laboratório de análise e diagnósticos da doença no município, que vai beneficiar toda a região.

O diretor do campus, Dimorvan Alencar, ressaltou que o laboratório, construído em parceria com o município, com a saúde, Justiça do Trabalho e MPT, entre outras instituições, terá capacidade para realizar 800 testes por dia. “A intenção é oferecer o diagnóstico a todos os estudantes das escolas públicas, profissionais da educação das escolas públicas e aos profissionais da saúde”, detalhou.

O juiz Mauro Curvo explicou que a rede particular de saúde do município não consegue, atualmente, atender a demanda de diagnóstico de novos casos. Além disso, os testes feitos pela rede pública são encaminhados para análise no laboratório central, que fica em Cuiabá, o que ocasiona a sobrecarga da unidade e, consequentemente, demora na confirmação dos casos suspeitos.

O magistrado destacou ainda que a Justiça do Trabalho tem feito a diferença no combate à covid-19 por meio da destinação de recursos. “Para se ter uma ideia, em um ano de pandemia, em todo o brasil, foram destinados mais de 225 milhões de reais para a compra de itens como remédios, testes rápidos, máscaras, equipamentos hospitalares, UTIs, respiradores, entre outros. Esses recursos são de grande importância, pois traz economia nos serviços públicos, permite que essas ações de prevenção e combate sejam executadas de forma mais rápida e com o maior número de pessoas beneficiadas”, concluiu.

Fonte: TRT da 23ª Região (MT)

Fonte: TST

Comunicar erro
InfoJud 728x90